Jornal Globo News 10h – 10h28 – Rebelião de presos em cadeia de Curitiba chega ao fim

Paulo e olha acabou agora há pouco a rebelião de presos na casa de Custódia de Curitiba, essa rebelião começou na segunda-feira. O último agente penitenciário que estava sendo mantido refém foi liberado nesta manhã ali. Isso mesmo Raquel e a Ana Zimmerman de ataque ao vivo de Curitiba para contar para a gente como é que foram esses últimos minutos de negociação. Oi, Ana, bom dia. O ELN bom dia Raquel, bom dia a todos. A rebelião terminou por volta de oito e meia da manhã com você já disseram eles libertaram o último dos quatro agentes penitenciários que eram mantidos reféns há que a rebelião começou na verdade no domingo à noite e é considerada a mais longa dos últimos dez anos aqui no Paraná a casa de Custódia, o presídio que tem cerca de quinze anos e foi construído para abrigar criminosos que cometeram presidente crimes de violência contra a mulher, mas nos últimos tempos recebeu também outros presos aqui estão seiscentos homens a capacidade para menos de quinhentos e a galeria onde houve a rebelião tinha tem cento e setenta e dois presos nesse momento de acordo com a polícia todos estão no pátio Central está sendo feita pela revista nas celas para encontrar objetos de o que foi danificado, mas a polícia já disse que eles não quebraram janelas que os anos não foram tão grandes assim, eles pediam a transferência de cinco o presos que estão em presídios no interior do estado e que, de acordo com os presos estão sendo ameaçados porque esses presídios são dominados por facções rivais. A polícia disse que vai haver transferência, mas ainda não determinou um prazo para que essa transferência seja feita de acordo com a polícia ainda os presos rebelados que comandaram a rebelião vão ser responsabilizados aqui por pequenos danos que aconteceram na casa de Custódia pelos danos, enfim, vão ser apurados e também por possível cárcere privado e lesão corporal nesses agentes penitenciários que foram libertados Aline Raquel. Obrigada, viu Ana pelas informações sobre nossos amigos aí da RPC.

Jornal Globo News 10h – 10h24 – Presa quadrilha que furtava carros de luxo em SP

Isabela Leite ataque para falar de operação que a polícia faz agora de manhã para tentar prender uma quadrilha que só furtava carros de luxo aqui em São Paulo, sete pessoas já foram presas, Isabella atualizar tudo para a gente foi investigação que durou alguns meses, vamos saber dela, como é que a polícia finalmente chegou a essa quadrilha ou Isabela, bom dia. A LM bom dia para você de vida novamente de é é bom dia a todos. O acidente da ação começou depois de um furto de uma caminhonete de luxo aqui em São Paulo, no bairro do Ipiranga, zona sul da capital, no dia catorze de abril. A proprietária descaso, né comunicou à polícia e aí desde, então começou uma investigação para saber quem teria feito então esse furto a partir disso, a polícia de Mogi das Cruzes, conseguiu identificar que essa quadrilha, né. E estava concentrada ali e é só para ter uma ideia, os ladrões desse né, desse futuro já tinham praticado outros sete crimes semelhantes, eles iniciaram a investigação que durou cerca de três meses e que resultou na operação de hoje, os policiais foram para as ruas ainda de madrugada para cumprir vinte cinco mandados de busca e apreensão e outros treze de prisão temporária não só aqui na cidade de São Paulo, mas também na cidade de Ferraz de Vasconcelos e de Suzano, que ficam na região metropolitana aqui de São Paulo. Após equipes, então foram cumprir esses mandados até o momento que a gente tem de atualização oito presos nessa operação que foi chamada de quatro por quatro, justamente, porque é o principal alvo dos furtos. Essa quadrilha. A caminhonete de luxo, né, pelas caminhonetes mais caras, além disso também, a polícia informou para a gente que um dos alvos está em Pernambuco, em viagem de férias com a família, mas ele está sendo monitorado por isso, ele já acionaram a polícia de Pernambuco para colaborar nessa operação, os presos estão sendo levados para Mogi das Cruzes que concentra as investigações e além deles também a polícia apreendeu uma arma com um desses investigados. Vão e em conjunto, mas cada um com uma função específica, segundo a polícia parte da quadrilha atuava mesmo no futuro, né. No operacional mesmo país, outros integrantes também monitoravam a presença da polícia para evitar qualquer tipo de flagrante no momento do furto, outros integrantes participavam do desmanche mesmo, né, da receptação, ele das peças e da revenda das peças desses veículos, o delegado responsável pela investigação, inclusive e falou um pouco mais sobre entre aspas agilidade dessa quadrilha nesse tipo de crime, vamos ver. Durante a o desmanche e e serão várias pessoas com experiência na área criminal e eles retiraram as peças em menos de trinta minutos. Eles revendiam essas peças a outro receptador ao receptador final que também foi identificado e preso que tinha um e que tem um estabelecimento comercial aqui na capital, nossas cobrimos vários crimes como havia dito um deles foi um caso emblemático ano uma locadora aqui de São Paulo, em que uma só noite, ele subtraído cerca de dezesseis veículos. A maioria desmanchado já que nesse local. E mesmo com esse, né. E assalta essa locadora a média dessa quadrilha era a de ideias fotos por dia os presos e os investigados vão responder por furto, qualificado formação de quadrilha. Investigação, então concentrada em Mogi das Cruzes e só lembrando Nelly Nina, que é o que outro alerta feito pela Polícia Civil minha vendendo peça de carro ou né, é um aí com a origem e com uma certa desconfiança é porque tem gente comprando, então, é eles também chamou a atenção para quem está estimulando esse tipo de comércio legal aqui em São Paulo volta com vocês. Obrigada, viu Isabella pelas informações ao vivo aí São

Jornal Globo News 10h – 10h18 – Lei mantém salário de PMs inativos expulsos no Rio

Agora, olha só essa história da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovou uma lei que mantém o salário de policiais militares e bombeiros inativos que depois foram expulsos das corporações entender melhor essa história com o repórter Pedro Neville, por que esse projeto tinha sido vetado pelo governador nos Fernando Pezão mas aí o plenário da Alerj e derrubou o veto de pé do que ver na prática como o sentido dessa punição da expulsão nenhum, né, porque eles vão continuar recebendo salário bom dia. Mande a Raquel Aline, de volta bom dia para você também é tudo muito acompanhando nosso jornal exatamente foi publicado na terça-feira essa lei no Diário Oficial a partir de agora, policiais militares e bombeiros inativos que forem expulsos, quer dizer, aposentados que foram expulsos da corporação vão ter o direito de continuar recebendo salário, essa lei que é de autoria do deputado Paulo Ramos e se aumente o governador nos Fernando Pezão vetou esse projeto de lei, mas voltou para a Alerj e na Alerj e os deputados decidiram derrubar o veto já está valendo a lei foi publicada na terça-feira. Estou aqui com um professor de direito administrativo da porque Rio, uma nova peixinho e a gente vai conversar sobre isso aqui antes para a gente ter mais subsídio, inclusive para a gente a trocar ideias aqui, a gente falou que é que as partes envolvidas disseram estar, por exemplo, em nota, o governador do estado Pezão considerou a proposta é inconstitucional, porque cabe a ele o governador a tarefa de criar leis sobre o regime de estabilidade aposentadoria dos servidores, o governador diz também que o projeto representa um privilégio injustificado aos servidores militares não existem Cível. Aos demais, servidores públicos diz o Pezão agora vamos continuar com os outros envolvidos a PM nota diz o seguinte, que a lei promulgada confirma decisões judiciais nesse sentido a remuneração do agente inativo é consequência da contribuição dele ao longo da carreira e a PM não informou quantos inativos respondem a processos que podem resultar numa expulsão os demais envolvidos, deputado Paulo Ramos alega o seguinte, que a nova lei garante o direito adquirido aos servidores ao longo da carreira e protege militares que passo que possam ser expulsos da corporação, por desavenças ou por problemas burocráticos diz ainda o deputado Paulo Ramos, em nota que negou que a lei sirva para proteger agentes corruptos ou envolvidos em episódios de violência, a Procuradoria Geral do Estado diz que está analisando a constitucionalidade da lei não pergunta, agora sinto o professor não tem sim. Comercialização de onde eu acho que é primeira em primeiro lugar, bom de Aline, onde Raquel, bom dia a todos que estão agora nos assistindo esta lei é um verdadeiro retrocesso, primeiro lugar no momento em que o Brasil passa sua história a limpo, nós temos uma lei estadual que protege pessoas que cometeram irregularidades, na verdade, protege a corrupção é uma lei que beneficia aqueles que praticaram um desvio de conduta, então, é claro que a lei é inconstitucional, porque cria um privilégio que não existe atualmente, servidores públicos civis do estado do Rio de Janeiro que praticou irregularidades, ele, certamente perdem a função pública e ficou sem qualquer provento de inatividade que a lei que efetivamente agora, a partir dessa iniciativa lamentável e criar uma casta de privilégio de privilégios injustificáveis. A partir do momento em que aquele que pratica qualquer atitude como são de civil, ele é beneficiado ou seja, ele recebe um prêmio por A do desvio e leva obviamente a aposentadoria integralmente, ou proporcionalmente, então me parece que acima de tudo é um tapa na cara da sociedade estado o Rio de Janeiro, o governador neste caso fez bem em vetar a lei, mas Alerj no morro no período eleitoral, populista resolve restabelecer essa estabelecer uma lei que cria privilégios injustificáveis essa lei, a gente repete já estão em vigor entra em vigor. Da parte do decreto publicado no Diário Oficial pedia uma lei publicada na terça-feira já estava lendo, eu te pego ônibus e agora é o seguinte, a alguma solução cabível. Judicialmente falando e eu espero que os órgãos de controle Ministério Público, a prova a Procuradoria, interesse com ações questionando esta lei, esta lei é inconstitucional, porque ela cria um privilégio ou de Ozu, ou seja, ela cria há obviamente para servidores que porque comentam neste momento, atos de corrupção, privilégio é uma espécie de imunidade para praticar atos de corrupção, eu tenho certeza que o Tribunal de Justiça vai suspender os efeitos dessa lei, porque ela é odiosa e acima de tudo oportunista no momento em que passamos o Brasil como diz. Ali então ela aumentava obrigado, então pela participação Rio. Aline e e ali a linha aqui não. E isso Pedro e as podemos concordar com governadores ano previsão que se trata de um privilégio injustificável e que vai contra o bom senso e a justiça, né, então de mandados do país neste momento, vamos aguardar acessar essa lei, o deputado Paulo Ramos, que estaria na Alerj e para cuidar inclusive dos interesses dos agentes de segurança Pública do Rio de Janeiro, todo mundo sabe disso no Rio, vamos ver como é que isso vai ser tratada a partir de agora, mas tá valendo. Vamos ver também o impacto disso nas contas públicas do Rio de Janeiro que não estava nada bem financeiramente, né. Dá certo perigo, a demanda e o Peixe também, mas o nosso abraço para ele.

Jornal Globo News 10h – 10h00 – Ministro do trabalho e deputado do PTB são alvos da PF

Edição das dez de hoje começa falando sobre uma operação da Polícia Federal em Brasília, que levou ao afastamento do ministro do Trabalho e o túnel Moura e a buscas no gabinete do deputado federal, Nelson Marquezelli, do PTB aí São Paulo, ali.
Isso mesmo a relação da essa manhã foi um desdobramento da operação registro espúrio que investiga supostas fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo Ministério do Trabalho.
A gente vai para Brasília agora com Marina Francisco Inca acompanha toda a movimentação desde cedo no Congresso Nacional, Marina, muito bom dia para você feliz de ver também novamente a gente fala que essa operação envolve políticos servidores e, dessa vez, chega afastar o ministro de Governo.
Roy Aline bem-vindo, de volta a Raquel, bom dia, bom dia para todo mundo, então, os policiais já começaram a cumpriu os mandados de busca e apreensão bem cedo, como é de costume, contém operação da Polícia Federal mandados que foram autorizados pelo Supremo Tribunal Federal a pedido da Polícia Federal e da Procuradoria Geral da República, então, em relação ao ministro do Trabalho.
Elton e um muro já teve busca na casa dele no Rio de Janeiro fica no Recreio na zona oeste da cidade e o Rio Moore, a qual é a suspeita que tem a respeito de por que esse afastamento, aliás, ele foi notificado do afastamento dele do Ministério do Trabalho às 7 e meia da manhã.
E daqui a pouco deve depor na Superintendência da Polícia Federal aqui em Brasília, a suspeita dos investigadores é que é o e o muro era uma espécie de testa de ferro dos caciques do PTB, ou seja, não estava ali omisso ele estava ali, 2º investigadores, participando ativamente desse esquema fraudulento na concessão de registros de sindicatos e fazendo valer as vontades as influências 2º investigadores da deputada Cristiane Brasil também do PTB e do pai dela que o presidente do partido, Roberto Jefferson, os 2 estão Cristiane Brasil, quando Roberto Jefferson negam qualquer participação em irregularidades, mas lembrando que na 2ª fase desta operação registros por foram cumpridos mandados de busca e apreensão no gabinete da deputada, Cristiane Brasil também ficou impedida assim como Elton e o muro de ter contato com investigados por servidores da pasta e até de frequentar o Ministério do Trabalho e também houve cumprimento de mandados de busca e apreensão no apartamento funcional do deputado aqui em Brasília e no apartamento onde ela mora no Rio de Janeiro, então os 2 negam qualquer influência, qualquer irregularidade, esse suposto esquema no Ministério do Trabalho intenso, operação registros puro diz que havia esse esquema fraudulento no seguinte, sentido não interessa ordem cronológica ordem de chegada do registro de sindicatos desses pedidos o que valia mesmo influência política ou seja, se o pedido tivesse por trás ali a influência de algum político que participava do esquema, ele andava rápido, se não ficava ali, mofando essa era a investigação no esse era o esquema 2º os investigadores, então, dessa vez também a Polícia Federal já cumprido mandado de busca apreensão no 9º andar do Congresso Nacional anexo 4 prédio importante aqui, onde é o endereço ainda a maioria dos deputados nos gabinetes deles ficam nesse prédio e, dessa vez o deputado Nelson Marquezelli que é o alvo da operação, ele já falou aqui com a imprensa estava já no Congresso, quando os policiais federais chegaram por volta de 6 horas da manhã e diz que sempre chegam muito cedo aqui e aqueles que não que a gente está acostumado a ver a polícia Legislativa isola que não permite a passagem da imprensa só quem pode entrar o rodízio de falta mostrando para a gente é de fato quem trabalha nos gabinetes são assessores credenciados e que tem de fato a autorização para estar ali.
Então o deputado Nelson Marquezelli já disse que não sabe por que está sendo investigado, mas que conversas dele com os agentes que estão fazendo as buscas no gabinete e dão a entender que todos os deputados do PTB vão ser de fato investigados Nelson Marquezelli diz que isso vai acontecer porque PTB que está no comando, né do Ministério do Trabalho, ele disse que não sabe por que para ser investigado. Brasília acredita que possa ter alguma relação o fato de ele ter sido relator daquela proposta do setor de cargas sobre os caminhoneiros atendendo reivindicação de caminhoneiros que ele acha que pode ter alguma coisa a ver com isso, mas negou qualquer influência sindical diz que não tem nada a ver com isso que a forma que ele ganha dinheiro, inclusive, é porque ele é empresário e a polícia também está investigando a suposta participação de um assessor parlamentar do deputado nesse esquema fraudulento para tentar conseguir concessão lá de registro de sindicato no ministério trabalho Jonas Lima.
Então a suspeita da polícia, inclusive a que ele usava mensagens que podem ser apagadas em seguida, que não deixam rastros para tentar favorecer entidades sindicais que depois, Tralli um troco algum benefício ao deputado e ela se isso, mas o deputado Nelson Marquezelli também falou sobre esse assunto, ele defendeu o assessor parlamentar diz que trabalha há 10 anos com ele não acredita que tenha alguma irregularidade diz também que não tem nada a ver com esse esquema fraudulento e que sequer queria que o PTB assumisse o Ministério do Trabalho que ele acha que esse ministério estava já sob influência de outros partidos e o PTB poderia, de, por exemplo, aceitado comandar o Ministério da Agricultura mas enfim, negou qualquer participação e tá acompanhando inclusive a operação de busca apreensão no gabinete dele, vamos ouvir um trecho do que o deputado disse.
Isso vice-presidente sobre esse líder do PTB, o PTB e hoje administra Ministério do Trabalho, houve denúncias várias denúncias e a policial de forma que todos os deputados do PTB serão investigados seus gabinetes para ver se tem alguma legalização com concessões registros indica os 7.
A vistoria que estão fazendo eu apoio, acho que isso é fundamental.
Bom a nossa produção já entrou em contato, está esperando o retorno do Ministério do Trabalho o Palácio do Planalto disse que não vai comentar o afastamento de autônomo.
Hora de comentar esta operação de hoje esse desdobramento da operação registro espúrio com o nosso comentarista Valdo Cruz, lá em Brasília Valdo eu não vou me alongar porque Raquel, se que essa repaginada no visual do valor já rendeu a aumentar a semana toda com me acompanhar na programação e só preciso registrar aqui que eu gostei demais para gato mais bonito ainda mais elegante ainda mal do prazer de rever, viu tudo bem tudo deve muito obrigado pelos anos diz que quem meio tímida, mas a defesa alegava a vocês todos.
Vamos lavar quando essa operação de hoje, a gente fala então que essa operação começou em maio vários deputados e servidores já sendo envolvidos nessa investigação e agora o afastamento de um ministro que mal tomou posse.
Eu tenho humor tomou posse em abril, depois daquele imbróglio envolvendo o comando do Ministério do Trabalho e agora afastado.
Exatamente bom de Aline, onde aqui é um bom dia aos nossos assinantes, seja bem-vindo de volta à Líbia e fazer mais um desgaste para o governo do presidente Michel Temer, ele não precisava para com esse desgaste ali naquela final na quebra toda pela política exatamente envolvendo a indicação da Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson, que é presidente do PTB de toda aquela questão, ela era processado exatamente por causa de questões. A nações trabalhista, então, no Cade a Ben Ali, uma ministra do trabalho com ações contra ela na Justiça do Trabalho mesmo lance. O governo do presidente Michel Temer, insistir na indicação manteve a nomeação de Cristian no Brasil, até onde pôde só que o desgaste foi tanto foi tão intenso que acabou desistindo naquele momento, o presidente Michel Temer tivesse desistido algum tiro ao PTB do comando do ministério trabalho, afinal, tem uma relação de irregularidade de suspeitas envolvendo o PT e de TV na venda de um lote ou todo o ministério, horário em que seus deputados ali que indicavam as pessoas muitas vezes, assessores que não tinha nenhuma experiência na área, a gente lembra que ter um jovem de 10 anos, que foi indicação política, que tomava conta de um setor que fazer pagamentos milionários ao jornal Globo revelou isso aí se acabou levando o afastamento deste jovem que tinha sido indicados Altamir tipo político, ou seja, o presidente Michel Temer teve uma oportunidade de tirar o Ministério do Trabalho do comando do PTB não tirou por que que o governo está enfraquecido politicamente precisamente dos votos do PT vê ali dentro do Congresso Nacional.
Tinha toda aquela polêmica se vivia ou não vire uma 3ª denúncia contra o presidente Michel Temer e pelo prazo pela prorrogação dos inquéritos, dificilmente vem essa 3ª denúncia neste ano se vier Cabaye acaba não sendo votada, mas a fase seguinte, o governo acabou ficando dependente dos seus aliados acabou mantendo o PTB, eles sob o comando do Ministério do Trabalho, isso acabou levando a mais desgaste do Governo e agora o governo é surpreendido hoje com fator apartamento, na verdade, Leão tem humor, a gente lembra que é o que o muro era secretário-executivo do ministério trabalho, acabou assumindo o comando da pasta, exatamente depois que ficou inviabilizada a indicação de Cristiane Brasil e ele a medicação de Roberto Jefferson e também de Cristiane Brasil.
Daí a suspeita da Polícia Federal de que é o que o muro seguiria ordens e ali exatamente do PTB da dentro do ministério, que estaria tudo morto, o esquema ali e e registros irregulares diz sindicato nas investigações da Polícia Federal apontam, inclusive que tem que ter algum registro a pedir redes que furou a fila que custou 4 4 milhões de reais para o interessado, na verdade, existe uma indústria existia, na verdade me do serviço Edcarlos no Brasil são mais de 16 mil sindicatos, a função no Brasil mais de 11 mil só de trabalhadores que a cada ano, cerca de 3,5 bilhões de reais por ano, mas isso quando existiu que o imposto sindical obrigatório que desconto em folha de um dia do trabalhador era obrigatório e o Congresso acabou com a obrigatoriedade recentemente o Supremo até manteve ele diz que isso é legal, realmente a ser extinção da obrigatoriedade do imposto sindical, isso deve diminuir exatamente essa indústria de sindicatos registros que viraram grandes negócios que a pessoa e ela abriu o sindicato última his receita assegurada no que estava trabalhando e muito pela sua categoria para que o dinheiro dele garantido, isso deve acabar agora exatamente com essa questão do fim do imposto sindical obrigatório e também por causa dessas investigações da Polícia Federal, o passamos agora a presidente deixou o tema está avaliando com sua equipe o que fazer o ministério trabalho que hoje o ministro do Trabalho está se for, né, eu tenho amor anos foi afastado do cargo por decisão que veta esse partido do próprio governo depois de tantas suspeitas envolvendo o PT, mas não veio STF.
Eu acho que essa é uma decisão inédita, tenta checar eu não me lembro do STF afastando o ministro do dado seu cargo e afastado do comando de um ministério disse Emma novidades até chegar a 100 médicos ou não, o fato é o seguinte, mais um desgaste para o Governo que está enfraquecido, politicamente o Minas.
E no momento levar do ministério trabalho com tantas questões aí em torno do tema, né. Esse enfraquecimento, claro do presidente Michel Temer, que se refletiu também no Congresso, né. A gente lembra da privatização da Eletrobrás, por exemplo, era uma das apostas da equipe econômica e a E agora vai ser uma decisão para o próximo Governo que já avisou isso.
Foi o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, coisa aqui e ontem aconteceu o que muita gente também aguardando o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia anunciou e depois se questionado que não vai colocar em votação aquele projeto que permite a privatização da Petrobras na operação de capitalização em que a União deixaria de ser majoritária no controle da Eletrobrás edições deixou para a história teve um acordo de líderes, afinal, os líderes políticos, deputados não estão interessados em votar o tema sobre isso que os consideram a medida muito impopular e eles, na verdade, vários ali, principalmente, políticos do DF são contra a privatização da Eletrobrás então foi e houve uma pessoa muito forte contra essa proposta do Governo, um governo inclusivo com trabalhar cada neste ano, 12 bilhões de reais para a operação ali para ajudar o governo nessa operação de tentar reequilibrar as contas públicas, mas a própria equipe econômica sabe que seria muito difícil o teve a sua oficialização do Rodrigo Maia dizendo que essa questão ficar para depois das eleições e com certeza será uma decisão a ser tomada pelo próximo Presidente da República, enquanto isso a Petrobras que está em dificuldades financeiras pode continuar sofrendo, afinal, se ela não for capitalizado numa operação por entrada de sócios privados aí o Tesouro Nacional vai ter que acabar tendo que colocar dinheiro na empresa nessa estatal, só que hoje sabe naquela ali o Tesouro Nacional está sem recursos até para operações, ele que orientar áreas do governo, como é que colocaria dinheiro exatamente uma estatal não teria dinheiro para colocar isso coloca em risco a saúde financeira da empresa, pelo menos, a Câmara aprovou ontem, um outro projeto que permite a venda de 6 distribuidoras da Eletrobras estão isso é o jeito porque se não fosse aprovado, ainda tem que concluir a votação na Câmara tem que passar pelo Senado Federal ainda mais se isso não for feito essas distribuidoras não forem atendidas, elas correm o risco de serem liquidados por causa da frágil da frágil situação financeira delas agora a privatização da Petrobras vai ficar para o próximo governo mais uma derrota política do governo do presidente Michel Temer, na no Congresso Nacional de meninas.
Ainda temos metade do ano aí pela frente, apesar das eleições e já estarem contaminando toda a política em Brasília nos estados do país Valdo muito obrigada e até amanhã, por enquanto.
Até a até amanhã por conta.

Jornal Globo News 10h – 09h58 – Abertura

Aqui em São Paulo e ainda dezenove pessoas são presas, suspeitas de fraudes em compras pela internet.
Em dez estados quatro pessoas morreram hoje de madrugada no incêndio em uma favela na região da Brasilândia, na capital paulista também a Copa do Mundo, a seleção brasileira chega com festa casa. Hoje vai tentar a Bélgica pelas quartas de final. Para todo mundo sejam todos muito bem vindos no Jornal da Globo News edição das dez da começando agora.