Economia com Samy Dana- Orçamento Doméstico

falar agora sobre dívidas, né. Financiamento dinheiro curto tudo com Samia Dana boa tarde, Sandra, boa tarde Tralli. Boa tarde a todos. Sem vendo aqui é sempre um prazer orçamento doméstico, enfim, os nossos desespero do dia a dia sáb pergunta do Adalberto preciso de grana urgente o crédito pessoal ainda é a melhor opção, a situação tá difícil, né. O de Alberto, olha a daria duas opções o primeiro consignado que costuma é aquele que. Débito direto da folha de pagamentos a ver se o banco trabalha com a sua empresa se tiver empregado costuma ser mais barato, o crédito pessoal uma outra alternativa é o refinanciamento. Então se você tiver um automóvel, por exemplo, me que já esteja quitado, você passa ele para o para o banco para financeiro e eles te dão uma taxa menor EM média, menor que o crédito pessoal, então e consignado e refinanciamento de automóvel seria minhas, seriam minhas indicações, a Rosa diz que gosta muito de viajar pelo Brasil, mas ficou tudo muito caro. um mil reais onde ela pode aplicar essa grana San pois é caro o Brasil, né. Rose e mil reais depende do prazo, mas o Tesouro Direto é uma opção e até por mim e por mil reais a própria poupança não vai dar muita diferença, então pode ser uma boa ideia pelo conforto e comodidade da poupança estão se for até um ano poupança sem grandes e prejuízos que essa dinheirinho guardado depois, a viajar feliz e ele procura bastante que a gente sabe que turismo às vezes a defender a EPE cidades vez menos conhecidas, são bem mais baratas e não menos interessantes e muita coisa boa por aí. Pois é, já e a como é obrigação entre mil e cinco o mil para um ano levando em consideração imposto de renda. É sempre interessante fazer um ano e um dia aí você tem o Tesouro Direto que é uma opção ou a taxa Selic e aquele tipo que o Tesouro Selic ou se não, ele seis e e e se as que são aquelas opções de Letras de crédito isentas agora é LCI LCA são se pagar oitenta e três por cento do CDI. Ou mais, né, fica de olho na cena e administração e é essencial, não tem mais fundo, tem ficar de olho a obra de uma má dúvida grande aqui, ela tem um valor guardado, apesar de ter quarenta e oito anos, já estou aposentado e gostaria de usar esse dinheiro como entrada no um imóvel para quitar o financiamento, vender o apartamento onde mora é uma opção interessante já que as aplicações não estão rendendo bem. E as taxas de juros cairão apartamento como investimento tem que ser olhado com bastante que salvo, mas e eu sugeria você tem de primeiro apartamento, juntar dinheiro para tentar comprar à vista o mercado imobiliário não vai bem. Os preços estão caindo e não devem subir e um e até o homem, então eu faria isso, lembrando que dificilmente consulta devendo alguma coisa, a taxa que se paga é menor do que a taxa financeira, então, quase sempre vale a pena você. Quitaram antecipar o o saldo devedor seja do imóvel de outro financiamento será em volta daqui a pouco se você tem dúvida, aproveita a oportunidade de mandar para cá redes sociais e se tem uma economia Arrested o nosso WhatsApp nove quarenta e dois zero zero, quatro, quatro, quatro quarto, até já vou ficar de olho no olho nos

Problema na CPTM – Linha 9 – Esmeralda com dificuldade de circulação

a falta de mobilidade, uma olhadinha aqui, porque tem problema, né, gente e tem problema, infelizmente, sabe onde na CPTM, ela é comigo aqui, ó, olha só a linha nove esmeralda estava com dificuldade de circulação e formação ao vivo aqui para vocês, ó problemas. Técnicos nos equipamentos trens da linha nove circulando com intervalo maior entre as estações Osasco e Grajaú, quer dizer, quase que a linha nove esmeralda inteira, né. E até aqui a o a estação de Osasco, vamos ver se essa situação vai melhorar logo, né. E daqui a pouco o povo já começa a voltar para casa

Horário de restrição na circulação de carros no acesso à ponte das Bandeirantes mudou

de restrição na circulação de carros no acesso à ponte das Bandeiras ali na Marginal Tietê. Você vai conferir comigo agora como é que ficou na máxima a região tinha uma certa polêmica em relação a ler e a mudança seguinte, na alça de acesso da venda da marginal para a ponte das Bandeiras no sentido Castello Branco, antes os carros e caminhões não poderão circular de segunda a sexta entre seis da manhã e meio dia agora circulação, então, a proibida entre seis da manhã e dez da manhã, ônibus e táxis continuam passando ali sem nenhuma restrição outra mudança que rolou e na faixa de pedestre antes, ela era em cima da ponte das Bandeiras. Agora começa depois da ponte das Bandeiras em direção ao centro a faixa de ônibus na não depende SP dessa a gente sempre fica lutando aí a tem mais faixa de pedestre para as pessoas poderem circular. C T diz que muitos motoristas reclamavam, né da restrição de circulação nessa alça de acesso e por isso fez um estudo e decidiu, portanto, alterar o horário. seis conjuntos de placas em torno da ponte das Bandeiras mostram o novo horário da restrição que mudou do meio-dia para as dez da manhã, o motorista ganhou duas horas para acessar o centro sem ter que fazer um quilômetro há mais de desvio também mudou o local da faixa exclusiva de ônibus que ficava sobre a ponte das Bandeiras em direção ao centro, agora ela começa depois da Ponte cinquenta metros antes da passarela de pedestres para o motorista que vem da Marginal Tietê, em direção à Avenida Santos Dumont sentido centro. A vida ficou mais fácil, porque antes ele saía da alça de acesso e tinha que imediatamente liberar a faixa para os ônibus, agora, ele tem mais espaço para chegar até as outras faixas, porque a faixa exclusiva de ônibus só vai começar depois de os quatrocentos metros, segundo a CPT as modificações vinham sendo estudadas a partir de pedidos dos motoristas, porque muitos só havia uma placa de restrição quando já não tinham mais como sair da alça de acesso só em dois mil e quinze foram setecentas e setenta mil multas no local. No ano passado, este número caiu para quase cinquenta e nove mil multas, porque o horário de restrição diminuiu das três da tarde para o meio-dia. Hoje mesmo com as novas placas, muita gente continuou entrando na alça antes do horário permitido infração grave cinco pontos na carteira e multa de cento e noventa e cinco, o reais Act disse que o radar é necessário no local para garantir o desempenho do eixo Norte-Sul, tanto de veículos quanto da faixa exclusiva transporte coletivo. Então eu mantenho essa restrição até um determinado horário e aí eu consegui diminuir a entrada de volume de veículos para o eixo Norte Sul, então, o radar é uma forma de pedir a nos ajudar a que essa fiscalização seja feita.

Globocop sobrevoa região da Favela

bombeiros. Vamos vamos agora falar com Bruno Tavares meio-dia e sete ele sobrevoa exatamente a favela da tribo na região da Brasilândia, Bruno, boa tarde para ir para a gente tem que você observa do alto. oito horas da tarde para você, boa tarde a todos. Que a gente observa é uma área grande e a favela ela ocupa mais de um grande time da Vila Brasilândia, mas por um pesado disse o centro do Rio. Ele é pequeno, segundo o Corpo de Bombeiros, uma área de cento e cinquenta metros quadrados, uma área muito grande, a gente observa agora alguns moradores assistindo ele olhando para essa cena o poder de destruição e também na parte de baixo que outros moradores removendo os entulhos que também deixa duas filhas. De cinco o que sobraram esse incêndio traz, valeu, Bruno brigado com o BC, a Defesa Civil, né regional lá ao pessoal da Brasilândia dar uma força, então que essas pessoas que ficaram sem casa e para os parentes dessa família que infelizmente.

Incêndio mata família na Brasilândia

Olá, boa tarde para você. Olha que tristeza, uma família inteira morreu hoje de madrugada no incêndio em uma favela na zona norte de São Paulo, um casal e dois meninos, um de quatro anos. E outro de apenas dez meses de vida, além da casa da família, pelo menos, outras quatro também pegaram fogo se vai acompanhar aqui comigo, olha só essa tragédia. A foi na favela da tribo que fica na Vila Brasilândia entre a Avenida Hugo ítalo me ligou e a rua Antônio Rocha, Marcos Filho é um local de difícil acesso na região muito pobre, cheio de ligações clandestinas de luz e também de água a Giba Bergamim foi para lá logo cedinho e traz para a gente aí os detalhes do que aconteceu teve a boa tarde. Muito boa tarde, Tralli. Muito boa tarde para todo mundo ou em tristeza me sóchi na favela da tribo, que é uma área que na região da Brasilândia, zona norte de São Paulo todo mundo consternado com o que aconteceu foram quatro pessoas da mesma família, Ana Célia e o filho dela, Lucas e o Anderson e o filho do casal ele quis i apenas dez meses, o conversei com uma pessoa que sobreviveu à tragédia, ela diz que acordou com os gritos da filha de três anos, que falava fogo fogo, ela teve tempo de se levantar já com o colchão em chamas e sair correndo do barraco ouvido o pessoal daqui e também algumas pessoas da prefeitura, a hipótese realmente é de que uma ligação clandestina de energia pode ter de fato causado a tragédia a pessoa com quem eu conversei disse para a gente aqui que muitas das ligações de energia são muito próximas dos telhados das casas nessas casas aqui todos de madeira são as únicas de madeira dessa ocupação que a gente via que a ocupação muito antiga que na região do Jardim Damasceno, essas causas todas de madeira tinha muito botijão de gás, quando a gente chegou aqui logo cedinho Tralli. E muito material inflamável, tudo de madeira, muitas roupas, ele também eu conversei com o Roberto Godoi, que é o prefeito regional de Vila Brasilândia, Freguesia do ó dispersar hoje é considerada uma área interditada já faz tempo são várias casas que são consideradas interditadas, mas nos preparamos uma reportagem para explicar melhor essa tragédia falar um pouco mais dessa família, vamos conferir agora o fogo que se alastrou por volta das duas da manhã foi registrado pelos próprios moradores da favela do trilho na Vila Brasilândia. O local é de difícil acesso, não dá para chegar de carro quando os bombeiros conseguiram apagar as chamas cinco barracos estavam completamente destruídos, quatro pessoas de uma mesma família morreram em um deles, auxiliar de limpeza na série A da Costa Santana e o pedreiro Anderson Gomes foram encontrados carbonizados ao lado do filho de Célia Lucas de quatro anos e do filho do casal Eric de dez meses a série B R. Estava ajudando de um jeito ou de outro conversando muito minha amiga e a gente perdeu as pessoas que a gente gosta de sentir boas, sempre vai embora. Os peritos devem apontar em até trinta dias a causa do incêndio uma das hipóteses é um curto circuito já que na comunidade tem muitas ligações de energia irregulares, essa vizinha disse que não havia água na hora da tragédia. Das nove horas a gente a saber se já não fornece mais água para nós e nós ficamos águas das nove até às seis da manhã e se tivesse. A água no momento eu poderia nossa comunidade tem ajudado evitado um pouco a tragédia, né. Se lembra, Anderson viveu na casa destruída pelo fogo havia quatro anos. Ela trabalhava no mesmo prédio do irmão Rodrigo, que é porteiro só Deus para uso da força nesse momento, né, vamos fazer forte, porque não é fácil. Não é fácil mesmo, né. Em resposta a moradora Cristina que se viu agora há pouco falou sobre o corte de água pela da tribo a Sabesp diz para a gente não teve falta de água e não teve nenhum problema para execução do trabalho dos